18 julho 2007

Atarefava-se

(Tintoretto)
EVANGELHO Lc 10, 38-42
Naquele tempo,Jesus entrou em certa povoação e uma mulher chamada Marta recebeu-O em sua casa.Ela tinha uma irmá chamada Maria,que, sentada aos pés de Jesus,ouvia a sua palavra.Entretanto, Marta atarefava-se com muito serviço.Interveio então e disse:«Senhor, não Te importas que minha irmá me deixe sozinha a servir?Diz-lhe que venha ajudar-me».O Senhor respondeu-lhe:«Marta, Marta,andas inquieta e preocupada com muitas coisas,quando uma só é necessária.Maria escolheu a melhor parte,que não lhe será tirada.
Em activismo enervante,Marta atarefava-se ,para além do necessário,talvez pensando que para O receber condignamente tinha que preparar os pratos mais requintados,servir na baixela mais brilhante,guarnecer a mesa das melhores alfaias e afadigava-se para o conseguir.
Maria compreendeu que não era essa exibição das galas do mundo que interessava a Jesus ,mas que as Suas palavras fossem escutadas ,para que a vida acontecesse em abundância.
Mas Marta já havia recebido o Senhor,corajosamente,quando Ele vivia numa semi clandestinidade,perseguido pelos que iam condená-lo e veio a mostrar que também ela havia escolhido a melhor parte porque da sua boca saíu uma desassombrada declaração de Fé igual à do Apóstolo Pedro:
"Respondeu ela: Sim, Senhor. Eu creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, aquele que devia vir ao mundo". (Jo 11,27)

1 comentário:

Lua dos Açores disse...

Conclusão: terá Marta, também escolhidu a melhor parte. Ela fez com a casa dela o que fazemos na confissão: limpou-a, alindo-a para receber aquele que cria ser o FILHO DE DEUS, ela era a dona da casa, pois foi ela quem O recebeu, sentia-se responsável pelo Seu bem estar... Andamos sempre entre Maria e Marta, queremos ser maria sem deixarmos de ser Marta.